Doomsday Clock

Postado em


doomsday_clock.jpg

Todo final de ano aparecem sempre aquelas pessoas místicas desocupadas que ficam em programas da televisão ou em revistinhas medíocres prevendo com uma “grande precisão” o futuro. E sempre aparecem aquelas histórias de fim-do-mundo-na-virada-do-ano. Que se danem os fuso-horários do planeta e que se danem os calendários não-gregorianos. As bestas do apocalipse escolhem a data do juízo final de acordo com o lugar onde a besta que o previu vive.

É claro que todas essas coisas não passam de um monte de baboseiras… Nunca duvide da capacidade humana de se autodestruir. Não precisamos de nenhuma ajuda externa para fazer isso… mesmo!

Foi pensando nisso que em 1947 um grupo de físicos da Universidade de Chicago criou um relógio simbólico que mediria o quão perto da autodestruição estaria a humanidade. A idéias é simples: quanto mais perto da meia-noite o relógio marcar, mais perto do fim está a nossa espécie.

O relógio é ajustado periodicamente e os parâmetros usados são o nível de ameaças nucleares, ambientais e tecnológicas.

O momento mais propício para a extinção dos humanos foi em 1953:

IT IS 2 MINUTES TO MIDNIGHT
1953 — After much debate, the United States decides to pursue the hydrogen bomb, a weapon far more powerful than any atomic bomb. In October 1952, the United States tests its first thermonuclear device, obliterating a Pacific Ocean islet in the process; nine months later, the Soviets test an H-bomb of their own. “The hands of the Clock of Doom have moved again,” the Bulletin announces. “Only a few more swings of the pendulum, and, from Moscow to Chicago, atomic explosions will strike midnight for Western civilization.”

O momento mais “tranquilo” desde que o relógio foi criado foi no ano de 1991:

IT IS 17 MINUTES TO MIDNIGHT
1991 — With the Cold War officially over, the United States and Russia begin making deep cuts to their nuclear arsenals. The Strategic Arms Reduction Treaty greatly reduces the number of strategic nuclear weapons deployed by the two former adversaries. Better still, a series of unilateral initiatives remove most of the intercontinental ballistic missiles and bombers in both countries from hair-trigger alert. “The illusion that tens of thousands of nuclear weapons are a guarantor of national security has been stripped away,” the Bulletin declares.

O ajuste mais recente do relógio foi feito nesse ano. Ele ocorreu dia 17 de Janeiro, at 14:30h. A hora passou de 23:53h (ajustada em 2002) para 23:55h. Isto quer dizer que estamos vivendo no quinto mais perigoso momento desde a criação do relógio.

Para ver um gráfico completo com todos os ajustes, clique na figura abaixo:

doomsday.jpg

Certa vez li em algum lugar que inteligência não é garantia de sobrevivência a longo prazo para uma espécie… e quantas espécies inteligentes vemos por aí?

\off 1

Certos grupos dizem que este relógio é muito exagerado, só servindo para gerar pânico nas pessoas… eles sugerem que alguém use bombas atômicas para eliminar esse maldito relógio da face da Terra, e assim deixar as pessoas mais tranquilas…

\off 2

Se a Swatch resolvesse vender Doomsday clocks ela ia arrecadar uma boa quantia com os deprimidos do mundo….

\off 3

É quase certo que o Doomsday Clock de Nostradamus não era um Swatch….

Link para o site do relógio:

http://www.thebulletin.org/minutes-to-midnight/timeline.html

About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s