Acta Physica, Phygg & Inspire


Bom, parece que os físicos estamos nos tornando mais sociáveis. Ou pelo menos tentando…

Acta Physica (AP) é uma rede social que visa integrar os físicos de todo o mundo de um modo parecido com o Myspace, Orkut e Facebook. Disse “modo parecido” pois a implementação não é, na minha opinião, tão boa quanto a dessas redes sociais mais populares. O serviço conta com grupos (equivalente às comunidades do Orkut), um fórum de discussões, um blog pessoal + perfil (seria equivalente à página “perfil” do Orkut) onde você pode inclusive importar seus tweets, serviço de bookmarks, chat, adição de amigos etc etc. Acho a idéia extremamente boa, mas tem algumas coisas que me desagradam, como o excesso de propagandas e a possibilidade de qualquer pessoa, físico ou não, entrar na comunidade, o que faz com que haja por lá alguns trolls e “físicos de araque” com suas teorias mirabolantes, o que baixa o nível da rede social. Me parece também que o AP não se tornou muito popular na comunidade física, pois o mesmo conta apenas com cerca de 600 membros. Acho que se um serviço como esse fosse criado, mantido e organizado por um esforço comum dos grandes “journals” da Física ele daria bons frutos. Um sistema top-down de distribuição de convites solucionaria a questão da seleção de membros. Poderia haver uma distribuição inicial de convites para os “grandes” da Física, que por sua vez iriam distribuindo para seus colaboradores e assim sucessivamente. Com o tempo, fatalmente chegaria um convite para seu orientador e depois para você. Mais informações: http://www.actaphysica.com/

Outro serviço interessante, e pra mim muito mais promissor que o Acta Physica, é o Phygg, essencialmente um Digg para preprints de Física! O funcionamento é essencialmente o mesmo que o da já consagrada rede social: você vê um artigo do arXiv e pode votar positivamente ou negativamente nele. Você pode ainda criar uma discussão em torno do preprint através de comentários públicos, salvá-lo no seu bookmark e compartilhá-lo dentro do grupo no qual você participa. Essa ferramenta é fantástica para quem trabalha num grupo de pesquisa. O site ainda mantém uma página perfil para cada membro com suas estatísticas pessoais. Um ponto negativo é que o Phygg não conta com todas as categorias presentes no arXiv.  Mais informações: http://phygg.com/phygg/.

Por fim, temos uma novidade no famoso Spires: desde o início do mês já estão recomendando a migração para a nova interface do serviço, que passa a se chamar Inspire. Foram implementadas diversas melhorias no sistema de buscas, entre outras. O endereço é http://inspirebeta.net/

Até a próxima!

Uma ideia sobre “Acta Physica, Phygg & Inspire

  1. Pingback: Redes sociais científicas | Incerteza em Princípio…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s